Dezembro vai ficar apertado…


Cilene Guedes (cileneg@gmail.com)

Termina segunda-feira um período intenso… Começa outro. As férias serão para ler e ver muito teatro. Abaixo, a longa lista do que eu não vi e gostaria de ver. Algumas coisas estão em cartaz há muito tempo, então acho que este mês será minha última chance. Se alguém tiver mais dicas da cena teatral do Rio para dezembro, por favor, manifeste-se. E se alguém já estiver por dentro de algum espetáculo imperdível que estreie em janeiro, abra o coração… As informações são do Guia OFF e da Veja Rio.

ALÉM DO ARCO-ÍRIS Luciana Braga brilha na pele de Rita, atriz abalada pela morte do marido, um diretor teatral com quem foi casada durante 26 anos. O texto é delicado, inteligente e de identificação imediata com a plateia. Luciana divide o palco com Luciano Borges, no papel de um faz-tudo do casal. Sua discreta presença conduzirá o espectador a um final inesperado. De Flávio Marinho. Direção do autor. (80 min) Teatro Municipal Maria Clara Machado – Planetário da Gávea . Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. Até dia 20. R$ 30,00 e R$ 10,00 (campanha Teatro para Todos)

A CASA de Diego de Angeli, Emanuel Aragão e João Marcelo Iglesias. Drama. A relação do homem com os espaços públicos e privados. Uma família se reúne para relembrar histórias, na véspera da chegada do patriarca, construindo uma casa dos sonhos. Com Daniel Kristensen, Gabriel Salabert, Gabriela Carneiro da Cunha e Izadora Mosso Schettert. Dir. Diego de Angeli. Centro Cultural Justiça Federal. Qua e qui, 19h. R$20. 14 anos. Até 17/12.

CLANDESTINOS texto e dir. João Falcão. Comédia. Baseada nas histórias de jovens artistas que vieram para o Rio de Janeiro em busca da grande chance. Com Cia. Instável de Teatro. (90min). Teatro do Leblon. Ter e qua, 21h. R$30. 12 anos.

CORTE SECO Terceira parte da trilogia iniciada com o monólogo Conjugado, e seguida por A Falta que Nos Move, o drama desenvolve a ideia de que o curso da vida pode ser interrompido a qualquer momento. Seja por um acidente, uma revelação, um crime ou mesmo um fato banal. Diante dessas situações, a diretora “edita” a peça a cada sessão, mudando a ordem das cenas e as cortando em pontos diferentes. Com a Cia. Vértice de Teatro e Eduardo Moscovis, Thereza Piffer, Felipe Abib, Ricardo Santos, Stella Rabello, Branca Messina e Leonardo Netto. (100min) Espaço Cultural Sérgio Porto.  Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. Até dia 20. R$ 30,00 e R$ 10,00 (campanha Teatro para Todos)

OS DIFAMANTES de Martha Mendonça e Nelito Fernandes. O poder da mídia e as ilusões que ela fabrica. Com Emílio Orciollo Netto e Maria Clara Gueiros. Dir. Ernesto Piccolo. (90min). Teatro dos Grandes Atores. Sex e sab, 21h; dom, 20h. R$60 (sex e dom) e R$70 (sab). 12 anos. Até 20/12.

FARSA DA BOA PREGUIÇA de Ariano Suassuna. Comédia Musical. Personagem nordestino que explora, com versos, suas habilidades: a preguiça e sua relação com as mulheres. Com Guilherme Piva, Bianca Byington, Ernani Moraes, Daniela Fontan, entre outros. Dir. João das Neves. (120min). Teatro Carlos Gomes. Qui a sab, 19h30; dom, 19h. R$30. Livre. Até 13/12.

GORDA de Neil LaBute. Uma história de amor onde não há ciúme, nem traição. Um amor que tem como maior obstáculo a discriminação sutil e a covardia de se enfrentar preconceitos. Com Fabiana Karla, Michel Bercovitch, Mouhamed Harfouch e Flávia Rubim. Dir. Daniel Veronese. (90min). Teatro das Artes. Qui a sab, 21h30; dom, 20h. R$60 (qui e dom), R$70 (sex) e R$80 (sab). 14 anos. Até 20/12. Retorna 07/01.

A HISTÓRIA DE NÓS 2
de Licia Manzo. Comédia. Diferentes facetas de um mesmo homem e uma mesma mulher, que juntos vivem uma relação. Com Alexandra Richter e Marcelo Valle. Dir. Ernesto Piccolo. (75min).Teatro Vannucci. Qui, 17h30 e 21h30; sex, 21h30; sab, 20h e 21h30; dom, 20h. R$50 (qui), R$60 (sex e dom) e R$70 (sab). 12 anos. Até 27/12.

O HOMEM DA TARJA PRETA de Contardo Calligaris. O texto traz para o palco uma questão da vida moderna: não é fácil ser homem! Com Ricardo Bittencourt. Dir. Bete Coelho. (70min). Teatro do Leblon. Ter e qua, 21h. R$40. 16 anos. Até 16/12.

O INTERROGATÓRIO de Peter Weiss. Reflexão sobre os horrores aos quais somos passíveis. Durante a apresentação, com duração de seis horas, o espetáculo possui pequenas grandes pausas onde o espectador terá inteira liberdade para entrar, assistir, sair e voltar quando quiser. Com Alexandre Varella, Xando Graça, Carla Ribas, entre outros. Dir. Eduardo Wotzik. Espaço Tom Jobim. Dias 04, 05 e 06; 18h. R$1,50. 14 anos.

KABUL Depois de abordar o conflito entre israelenses e palestinos em Dragão, a Cia Amok Teatro ambienta no Afeganistão o segundo espetáculo de uma trilogia sobre guerra. Em uma Cabul devastada, quatro personagens buscam sentido para suas vidas: Madji, comerciante que perdeu sua posição social; Zunaira, proibida de exercer a profissão; Tariq, combatente mutilado que se tornou carcereiro, e sua esposa Maryam, vítima de doença incurável. (80 min) Casa Amok. Sexta e sábado, 20h30; domingo, 19h. Até domingo (13). Ingresso: R$ 10,00. É necessário fazer reserva 3283-0340

LARANJA AZUL A dinâmica entre um jovem negro esquizofrênico e dois psiquiatras num sanatório londrino. Com Rogério Froes, Rocco Pitanga e Pedro Brício. Dir. Guilherme Leme. (85min). Centro Cultural Banco do Brasil. Qua a dom, 20h. R$10. 14 anos.

A MÁQUINA DE ABRAÇAR O autor espanhol assina este drama sobre a história real da autista que criou para si a máquina do título. Em cena estão Mariana Lima, como a autista Íris, e Marina Vianna, no papel da terapeuta Miriam Salinas. Diretora estreante, a atriz Malu Galli imprimiu ritmo dinâmico à sessão. Em um dos melhores trabalhos de sua carreira, Mariana Lima faz uma composição sensível de Íris, com gestual impecável, modulações precisas na voz e nenhuma afetação. Sua companheira de cena brilha como a terapeuta empenhada em minimizar os sintomas de uma vida condenada à solidão. (80 min) Espaço Tom Jobim – Antiga Marcenaria; Quinta e domingo, 19h; sexta e sábado, 21h30.  R$ 30,00. Até dia 13

AS MENINAS de Maitê Proença e Luiz Carlos Góes. Comédia Dramática. O universo feminino, em meio a uma série de dúvidas e observações típicas da infância. Com Analu Prestes, Clarisse Derzié Luz, Sara Antunes, Patrícia Pinho e Vanessa Gerbelli. (80min). Sesc Tijuca. Sex a dom, 20h. R$16. 12 anos. Até 20/12.

O QUE RESTOU DO SAGRADO de Mário Bortolotto. Uma reflexão sobre a existência de Deus. Com Grupo Tartufaria de Atores. Dir. Jaime Leibovitch. (60min). Casa da Glória. Qui a sab, 21h. R$20. 18 anos. De 03 a 19/12.

O SANTO INQUERITO de Dias Gomes. A lenda sobre uma jovem que foi queimada na Paraíba em 1750, vítima da Inquisição. Com Claudio Mendes, Karan Machado e Mariana Mac Niven. Dir. Amir Haddad. (100min). Espaço Sesc. Qui a sab, 21h; dom, 19h30. R$16. 12 anos. Até 20/12.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: